Notícias

Agências de risco aprovam queda de dívida brasileira, mas aguardam PIB mais vigoroso

“Grau de investimento ainda é perspectiva prematura. 2023 ou 2024? A reconquista é árdua!”

Em meio a indicações do governo de que a dívida bruta cairá em proporção ao PIB em 2020 pelo segundo ano consecutivo, as agências de classificação de risco têm reforçado que, para além de dados pontuais, querem ver a economia brasileira reagindo com mais força do que em seu cenário base, o que tem tardado a ocorrer.

Enquanto a Fitch prevê que o país crescerá 2,2% este ano, a S&P e a Moody’s estimam um avanço de 2% –em todos os casos abaixo da perspectiva oficial do governo, de 2,4%…

Leia a matéria na fonte: br.investing.com/agencias-de-risco-aprovam-queda


Fonte: Investing.com
Publicado: 13 de fevereiro de 2020

Compartilhar :
plugins premium WordPress