Radar NGO

As principais notícias do cenário econômico comentadas por Sidnei Moura Nehme


  

BC determina que diretores não devem falar sobre conjuntura em reuniões fechadas

"Muito relevante!"

O Banco Central atualizou as regras para reuniões dos diretores da autarquia com pessoas de fora da instituição, explicitando que encontros fechados para tratar de conjuntura devem ser destinados exclusivamente à coleta de informações de cenários econômicos por parte da autoridade monetária.

De acordo com as novas orientações, os diretores devem evitar o agendamento de reuniões para tratar de conjuntura com representantes de mais de uma empresa, mas, quand…

Leia mais

Consumer spending expected to drop to 2015 and 2016 levels

"Difícil crescer sem consumo."

The space for consumption is narrowing in Brazil and household spending should fall compared to last year, returning to levels seen in 2015 to 2016, when the country faced one of its worst economic crises, analysts say.

There are discouraging indicators. The unemployment rate is rising, inflation has accelerated, the coronavirus pandemic is claiming thousands of victims daily and pushing activities again to a halt, while the emergency aid aimed…

Leia mais

BC aperfeiçoa a regulamentação cambial

"A assinatura digital é uma absoluta necessidade pós avanços a pandemia e que algumas empresas relutavam em aderir, mas atualmente fundamental."

O Banco Central aprovou nesta quinta-feira (17) duas alterações na regulamentação cambial. A primeira, que se refere ao uso de assinatura eletrônica em contratos de câmbio, deixa claro que os meios de coleta da manifestação das partes e os meios de comprovação de autoria e integridade do documento eletrônico podem ser livremente aco…

Leia mais

Dólar avança ante real acompanhando exterior, mas caminha para perda semanal

"A perspectiva do dólar no Brasil é com viés de queda para não tornar o IGP-M incontrolável visto que a inflação já está de volta firme e forte e só o Copom finge não ver!"

O dólar avançava em relação ao real nesta sexta-feira, impulsionado por movimentos de aversão a risco no exterior à medida que os investidores realizavam lucros ao final de uma semana positiva para ativos arriscados.

Enquanto isso, notícias de saltos nos casos de coronavírus nas principais economias colab…

Leia mais

Preço do algodão sobe no campo, mas indústria descarta alta expressiva ao consumidor e desabastecimento

"Câmbio alto mais alto que o razoável dá nisto. Inflação que só o Copom não vê!"

Acompanhando a alta de diversos produtos do campo, em especial os alimentos, o algodão se valorizou no campo nos últimos meses. A pluma, que é um dos principais itens da indústria de roupas, chegou a valorizar cerca de 20% no fim de agosto.

Isso gera preocupações de que, além da alimentação, as roupas fiquem mais caras. Em São Paulo, varejistas projetam que, com a baixa procura e a subida nos pr…

Leia mais

Copom mantém taxa Selic em 2% a.a.; sinaliza fim do atual ciclo de baixa

"O mercado com a perspectiva efetiva de mudança de viés da inflação tende a fazer o que o Copom evita e o curto prazo ser contaminado pelo longo prazo e as taxas de juros do mercado subirem, depois o Copom sanciona a reboque e não como protagonista."

O Comitê de Política Monetária (Copom) interrompeu, nesta quarta-feira, o super ciclo de afrouxamento monetário com a manutenção da taxa básica de juros em 2% ao ano. A decisão foi unânime e confirma a expectativa do mercado de…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo