Radar NGO

As principais notícias do cenário econômico comentadas por Sidnei Moura Nehme


  

Levantamento inédito do TCU aponta riscos de fraude e corrupção em 38 órgãos federais

"Absolutamente endêmico! Onde mexe tem e falta no fundamental e essencial!"

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou levantamento inédito nesta quarta-feira (21) por meio do qual aponta que 38 órgãos e entidades federais, todos com com alto poder econômico no governo central, “possuem fragilidades nos controles” em seus contratos. Segundo o estudo, tais níveis de vulnerabilidade sãos “altos” e “muito altos”. As unidades governamentais têm orçamento anual de R$ 216 bilhõe…

Leia mais

Dólar sobe ante real com ajuste e liquidez menor; exterior permanece no foco

"Realidade sugere que causas são internas e ausência de perspectiva efetiva para solução da crise fiscal mantém prêmio de risco no preço do dólar e inibe alta da Bovespa. Foco são motivos pontuais brasileiros. Dólar ente R$ 3,70 - 3,80. Bovespa entre 80 e 90 mil."

O dólar avançava ante o real nesta segunda-feira, com pequena correção ao recuo recente em dia de menor liquidez em véspera de feriado doméstico, com os investidores de olho no mercado externo.

Às 11:59, o dólar av…

Leia mais

Em aceno explícito ao mercado, Mourão reforça que reforma da Previdência será prioridade nos 100 primeiros dias de governo

"Fundamental! Sem o que dólar ficará "retido" entre R$ 3,70/R$3,80, com chance de alguma discreta exacerbação, e Bolsa ficará entre 80 e 90 mil pontos, até implementação!"

O vice-presidente eleito, Hamilton Mourão, voltou a dar acenos explícitos para o mercado nesta terça-feira, 13. Em palestra ao Bradesco BBI, o general disse que a reforma da Previdência é uma das prioridades dos primeiros 100 dias da administração do presidente eleito Jair Bolsonaro, junto com a reforma tr…

Leia mais

Afinal, o que acontece com o dólar?

"Retardamento das discussões sobre a Reforma Previdenciária posterga viabilização do equacionamento da crise fiscal, assim prêmio de risco na taxa do câmbio e contração no desempenho da Bovespa são consequências naturais. Simples assim!"

Parece que faz mais tempo, mas há apenas duas semanas ouvíamos discussões sobre a cotação do dólar ir a R$ 3,50 ou até mais baixo do que isso. No entanto, o preço subiu mais de 4,5% desde a mínima de R$ 3,65 da véspera da eleição e volta par…

Leia mais

Dólar sobe ante real de olho em cenário político local e após alívio em tensões comerciais

"Na realidade índice do dólar aponta queda de 0,41% no exterior. Causas são puramente internas com aumento do prêmio de risco face a postergação das discussões em torno das reformas para o próximo ano. O alívio das tensões comerciais colocou o dólar em queda no exterior, o que não acontece aqui."

O dólar firmou alta ante o real nesta terça-feira, com os investidores atentos ao noticiário político doméstico, após indicações do presidente eleito Jair Bolsonaro sobre inviabilid…

Leia mais

Condições de crédito devem piorar em 2019 com cenário internacional instável, alerta Moody’s

"Coincidente com a queda de apetite por riscos dos emergentes!"

As condições globais de crédito vão piorar em 2019 à medida que o crescimento econômico desacelera, os custos de financiamento aumentam, a liquidez apertar e os mercados passam a sofrer com mais instabilidades, avalia a agência de classificação de risco Moody’s Investors Service em relatório. É provável que riscos comerciais, políticos e geopolíticos cresçam conforme as tensões entre os EUA e a China aumentam, d…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo