Radar NGO

As principais notícias do cenário econômico comentadas por Sidnei Moura Nehme


  

Copom mantém taxa Selic em 2% a.a.; sinaliza fim do atual ciclo de baixa

"O mercado com a perspectiva efetiva de mudança de viés da inflação tende a fazer o que o Copom evita e o curto prazo ser contaminado pelo longo prazo e as taxas de juros do mercado subirem, depois o Copom sanciona a reboque e não como protagonista."

O Comitê de Política Monetária (Copom) interrompeu, nesta quarta-feira, o super ciclo de afrouxamento monetário com a manutenção da taxa básica de juros em 2% ao ano. A decisão foi unânime e confirma a expectativa do mercado de…

Leia mais

Com alta nos alimentos, Copom quebra ciclo de cortes e mantém Selic em 2% ao ano

"Copom deveria ter sido protagonista e reconhecido pressão inflacionária presente, não o fazendo inevitavelmente mercado trará para o curto prazo taxas de médio/longo prazo dada percepção generalizada de inflação, e, então, o Copom na próxima reunião sanciona com obediência ao mercado elevação do juro."

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu, por unanimidade, manter a Selic, a taxa básica de juros da economia, em 2% ao ano. É a primeira vez, após nov…

Leia mais

Atacado segue em disparada e IGP-10 tem alta de 4,34% em setembro-FGV

"Inflação aquecida, desemprego persistente e recuperação da atividade fraca criam perspectivas desalentadoras."

Os preços do atacado continuaram pressionando e o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a subir 4,34% em setembro, ante alta de 2,53% no mês anterior, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, acel…

Leia mais

Com inflação e risco fiscal no radar, BC deve encerrar ciclo de cortes e manter Selic em 2% ao ano

"BC precisa olhar com maior acuidade inflação e aumentar o juro por necessário e também para apreciar o real e atrair recursos externos. Foco no interesse do país e não nos dogmas e pressões do mercado financeiro."

O Banco Central deve confirmar nesta quarta-feira (16) um ponto final no ciclo de cortes que levou a taxa básica de juros ao menor patamar da história. A expectativa é de que o Comitê de Política Monetária (Copom) mantenha Selic em 2% ao ano.

Depois de nove cortes…

Leia mais

Ruídos políticos voltam a afetar câmbio e dólar vai a R$ 5,28

"Câmbio não tem fundamentos técnicos para subir. País tem situação de conforto seria legítima sobre o juro."

O noticiário político voltou a influenciar o mercado de câmbio nesta terça-feira, após um período de certa calmaria em Brasília. A nova polêmica entre Jair Bolsonaro e a equipe econômica em torno do programa Renda Brasil, nesta terça-feira descartado de vez pelo presidente, fez o dólar encostar em R$ 5,30. O ministro da Economia, Paulo Guedes, conseguiu acalmar as mes…

Leia mais

Juros fecham em alta com piora na percepção de risco político

"Não só político mas atitude do Congresso aponta para pressão sobre o fiscal é teto orçamentário."

A piora na percepção do risco político seguiu à tarde como protagonista no mercado de juros, mantendo as taxas para cima em reação ao vídeo divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro, no qual enterrou o programa Renda Brasil e ameaçou dar "cartão vermelho" a quem propuser congelamento de aposentadorias. A fala do ministro Paulo Guedes, durante evento online, defendendo o presiden…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo