NGO na Mídia

Moody’s, Levy e Fed pressionam cotação do dólar

No day after do aviso da Moody’s de que o Brasil pode perder a segunda nota em grau de investimento, o ministro Joaquim Levy perdeu a paciência. Em vez de um discurso tranquilizador, adotou a ”’transparência ativa”:

– O rebaixamento reflete a realidade. Se você não se organiza, não tem união, o resultado é sério.

Nesta quinta, também vazou a informação de que no dia anterior, ameaçara: ”está fora” – ou seja, deixa o cargo – se o Congresso reduzir a zero a meta de superávit primário para o próximo ano, fixada por ele em 0,7% do PIB. Uma parte do governo defende essa opção.

Diante disso, começaram as projeções sobre o volume de dólares que pode sair do país caso a agência concretize o rebaixamento. Ao certo, ninguém sabe. Quem chegou mais perto de definir uma cifra foi o presidente do Citi no Brasil, Hélio Magalhães, em entrevista à coluna em outubro: algo entre US$ 45 bilhões e US$ 62 bilhões.

Muitos fundos institucionais têm cláusulas que proíbem investir em país sem duas notas em grau de investimento. Sidnei Nehme, um dos mais experientes operadores de câmbio do país, adverte que outros fundos podem sair, forçando o Banco Central a usar reservas. Nehme lembra, ainda, que na próxima semana o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, pode começar a elevar o juro, o que também drena dólares do Brasil.

Leia mais da coluna de Marta Sfredo

– O que se prevê é uma provável saída, por mais de um motivo, no momento em que o país atrai poucos dólares. Por isso, a cotação com a qual trabalho para o final de 2016 é R$ 5 – afirma o especialista.

Para Nehme, não importa se ”Antônio ou José” estiver na Presidência, o estado ”deletério” da economia vai exigir dois anos de trabalho sério, “se fizermos tudo certo”, para afastar as perspectivas ruins.

– Um cenário muito ruim está contratado, e a primeira sinalização é a pressão sobre o dólar – afirma Nehme.


Fonte: Zero Hora
Link: http://goo.gl/L5bt4z
Autor: Marta Sfredo
Data de publicação: 10/12/2015


Compartilhar :
plugins premium WordPress