Radar NGO

Com Selic menor, quem pode subir é o dólar

"É um grave erro menosprezar impacto do custo do cupom cambial pressionado pelo estreitamento do juro interno com o externo num ambiente atualmente irreversível de fluxo cambial negativo. Dólar vai ser apreciado. Redução da Selic não vai intensificar atividade econômica devido capacidade ociosa e ausência de poder de consumo da população. Governo atendeu anseio do mercado financeiro e habilmente transferiu para o setor privado a responsabilidade pela retomada da atividade e econômica e investimentos retirando espaço das críticas que tem recebido."

O Comitê de Política Monetária (Copom) cortou a Selic em meio ponto percentual, de 6,5% para 6% ao ano, e disse que tem espaço para mais. O movimento e o discurso serão comemorados na bolsa e no mercado de juros. Mas e o dólar? Tudo indica que a chance é de alta.

Falo “tudo indica”, pois prever mercado de câmbio é quase certeza de humilhação. Mas temos falado que estamos em um momento de mudança estrutural no mercado cambial brasileiro, reflexo da própria queda do diferencial entre o juro doméstico e externo...

Leia a matéria na fonte: seudinheiro.com/com-selic-menor-quem-pode-subir-e-o-dolar/

 


Fonte: SeuDinheiro
Publicado: 31 de julho de 2019

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo