Balança comercial atinge superávit de US$ 1 bilhão na 1ª semana de julho

No período, as exportações brasileiras foram maiores do que as importações, gerando um saldo positivo nas trocas comerciais com outros países.

Com um volume de exportações maior que as importações, o Brasil registrou um superávit comercial de US$ 1,034 bilhão na primeira semana de julho. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (9) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).…

Leia mais

Dólar tem leve alta e Bovespa sobe influenciada por exportações do aço

O dólar fechou o pregão desta quinta-feira (12) com alta de 0,08%, cotado a R$ 3,8841 na venda. A moeda norte-americana abriu a cotação do dia em queda de 0,73% – na abertura do dia anterior, a moeda registrava alta de 2%.

O Banco Central manteve a estratégia da última semana, sem efetuar nenhum leilão extraordinário de swap cambial (venda futura do dólar).

O índice B3 (Bolsa de Valores de São Paulo) registrou alta…

Leia mais

Mercado reduz projeção para déficit nas contas públicas

Instituições financeiras consultadas pelo Ministério da Fazenda reduziram a previsão para o resultado negativo das contas públicas, neste ano. A estimativa do déficit primário do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central), para este ano, passou de R$ 151,192 bilhões, em junho, para R$ 149,642 bilhões, neste mês. A estimativa está abaixo da meta de déficit perseguida pelo governo, de R$ 159 bilhões. O re…

Leia mais

Investimentos estrangeiros no Brasil caem 9,7% em 2017, diz Cepal

Pelo terceiro ano consecutivo, o investimento estrangeiro direto (IED) na América Latina e Caribe caiu, com fluxo total de US$ 161,673 bilhões em 2017, um recuo de 3,6% em relação ao ano anterior. No Brasil, a queda foi maior (-9,7%), com investimentos de US$ 70,685 bilhões, volume US$ 7,5 bilhões menor do que em 2016.

Os números foram divulgados hoje (5) pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal),…

Leia mais

Dólar tem dia de forte alta; ações da Embraer têm queda de 14,29%

Cotação da moeda subiu 0,55% ante temor de disputa entre EUA e China.

O dólar fechou o dia 05 de julho no maior patamar desde março de 2006, com a moeda norte-americana subindo 0,55%, cotada a R$ 3,9344. Durante o dia, o dólar chegou a valer R$ 3,9416. A cotação acompanhou o temor dos investidores com o prazo de amanhã (06) anunciado pelo Estados Unidos para início da taxação dos produtos da China, contando com uma event…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo