Ibovespa tem forte queda com expectativa de inflação nos EUA e crise sanitária doméstica

O Ibovespa dá início ao primeiro pregão da semana em forte queda, perdendo 1,70% aos 113.242 pontos às 10h13, horário de Brasília, acompanhando o sentimento negativo no exterior. Em Wall Street, os rendimentos dos títulos públicos norte-americanos em rota ascendente há seis semanas voltam a pressionar as ações de tecnologia, com o Nasdaq futuro recuando 1,29% aos 12.500 pontos no mesmo horário.

O fôlego para os rendimentos dos treasuries vem da expectativa de inflação para a economia dos EUA com a aprovação no último sábado (6) do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão proposto pelo presidente Joe Biden.

“A liquidez do mercado norte-americano deverá provocar aquecimento da inflação pelo menos no curto/médio prazo, mas a despeito do Fed ver o fato com bons olhos e afirmar que não mudará a sua política monetária, os ‘yields’ dos Treasuries se abrem e passam a atrair recursos do mundo todo para o mercado financeiro norte-americano, provocando em contrapartida a valorização do dólar”, explicou em nota Sidnei Nehme, economista e diretor-executivo da NGO Corretora.

A taxa do Treasury de dez anos atingiu na última sexta (5) a máxima em um ano de 1,626%, e operva próxima de 1,60% nesta manhã.

No contexto doméstico, o agravamento da crise sanitária em função da pandemia e as novas restrições de circulação de pessoas pesam no mercado. O Brasil já registra mais de 11 milhões de casos de Covid-19 e de 265 mil mortes causadas pelo vírus desde o início da pandemia. A piora nas infecções joga mais pressão pela aprovação na Câmara da PEC Emergencial. O texto foi votado na última semana no Senado e deve ser apreciado pelos parlamentares na Câmara nesta quarta (10).

O relator da proposta na Câmara dos Deputados, deputado Daniel Freitas (PSL-SC), afirmou hoje que deverá apresentar um texto preliminar do seu parecer à proposta, sinalizando que não alterará o projeto já aprovado pelo Senado.

O dólar inicia a semana em forte alta contra o real, subindo 1,20% e negociado a R$ 5,75 na venda, numa segunda-feira marcada pela força da moeda norte-americana no exterior em meio à alta dos rendimentos dos Treasuries e perspectivas de aceleração da inflação.

O índice do dólar contra uma cesta de pares fortes subia quase 0,5% nesta manhã, enquanto peso mexicano, lira turca e rand sul-africano, divisas emergentes com movimento semelhante ao real, perdiam mais de 1% contra a moeda norte-americana.

No indicadores, o Boletim Focus divulgado hoje pelo Banco Central aponta nova alta para as expectativas de inflação no Brasil, a nona seguida, para 3,98%, contra 3,87% projetados na semana anterior, acima do centro da meta oficial de 3,75%. Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento este ano caiu 0,03%, a 3,26%, e 0,02% para 2022, a 2,48%.

ngo na midia exame new Fonte: Forbes
Autor: Ana Paula Pereira, com Reuters
Link: forbes.com.br/ibovespa-tem-forte-queda-com-expectativa-de-inflacao-nos-eua-e-crise-sanitaria-domestica/
Data de publicação: 08/03/2021

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo