NGO-CambioNews grd

Cético e sereno mercado financeiro está comedido com propostas de privatizações!

O mercado financeiro demonstrou mais com comportamento e atitude a sua percepção em torno da iniciativa inicial e tardia de privatização, do que considerações mais incisivas.

E a “leitura” que ficou é que está um tanto quanto cético quanto às perspectivas imediatas, visto que entendeu as circunstâncias de retomada do viés liberal, e assim  não se demonstrou eufórico, considerando o fato como positivo, mas sem se demonstrar eufórico.

O evento Petrobras deixou sequelas e apreensões…

Leia mais

Movido pelas circunstâncias imperativas, governo tem atitude liberal!

A repercussão havida no mercado financeiro de ceticismo e negatividade frente à intervenção do Presidente Bolsonaro na Administração da Petrobras, com reflexos em inúmeras outras estatais, além da irradiação de inseguranças e incertezas sobre as perspectivas para o país envolvido em agravados riscos impactantes, parece ter imposto ao governo a mudança de atitude assumindo, em princípio, a rota programática das privatizações.

Ainda que se reconheça que a manutenção da “golden share” no…

Leia mais

O Brasil é efetivamente o seu maior oponente!!

O sentimento no momento é idêntico a estar observando um tabuleiro de xadrez com as pedras mal colocadas, não sendo possível formar  perspectivas críveis de curto/médio prazo, não sendo possível vislumbrar como se sairá deste quadro desalentador.

Risco político, risco fiscal, risco severamente agravado da pandemia do coronavírus que replica o seu pior momento e volta a conspirar contra a retomada da atividade econômica, absoluta necessidade de restabelecimento do programa assisten…

Leia mais

País tem urgência, nem política monetária e nem congresso revelam esta tendência!

Como se costuma dizer popularmente, precisamos de inúmeras decisões “para ontem”, e parece que o país se faz lento na busca do atendimento de suas prioridades, as posterga por esta ou aquela razão, e inúmeros fatos, até inusitados, acabam por tomar frente às prioridades.

A política monetária se revela com muita tecnicidade explicativa e pouca efetividade e desta forma vai postergando “para amanhã” o que seria necessário “ontem”, e assim continuamos com o juro abaixo do ponto de equilíb…

Leia mais

Mercado financeiro repercute consequências e não é quem dá causas!

Recentemente, o Presidente Bolsonaro criticou o fato do mercado financeiro, nas suas palavras, ficar “irratado” com suas decisões, e o Vice Presidente Mourão deu “eco” a declaração acrescendo que não pode concordar com a supremacia do mercado ante medidas que consideram necessárias e fundamentais.

Evidente que nenhuma das duas faz senso, mas representa repulsa ante consequência natural como reação à medida que afetam perspectivas e acentuam inseguranças já presentes no ambiente de negó…

Leia mais


Copyright © 2021. Direitos pertencentes a seus respectivos autores. É obrigatória a menção à fonte e ao autor para reprodução total ou parcial dos textos. Esta é uma publicação de caráter informativo e não deve ser considerada como uma oferta de compra ou venda de ativos ou de qualquer instrumento financeiro.

Coluna CâmbioNews nos principais veículos:

Investing.com
Money Times
Broadcast - AE

exclusivo para assinantes

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo