Política de Responsabilidade Socioambiental – PRSA

Esta política estabelece diretrizes e responsabilidades para a implementação e manutenção de sistema de Gerenciamento de Risco Socioambiental da NGO e tem como objetivo promover ações que possam manter a exposição dos riscos socioambientais em patamares aceitáveis.

Conceito

Define-se risco socioambiental como a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes de natureza ambiental ou social nos valores e posições detidas por uma Sociedade Corretora de Câmbio.

A Definição de que trata o parágrafo anterior, incluem os clientes da carteira da NGO com atividades sujeitas à poluição, danos à saúde humana, segurança, impactos em comunidades e ameaças à biodiversidade.

Diretrizes

A Diretoria  Executiva expressa por este instrumento seu compromisso de manter uma gestão prudente definindo diretrizes para o gerenciamento de risco socioambiental e considerando os princípios de relevância e proporcionalidade estabelecem as seguintes diretrizes:

Quanto à gestão

  • Incorporar continuamente a sustentabilidade nos processos de gestão da organização;
  • Promover o diálogo estruturado e relacionamento ético e transparente com as partes interessadas;
  • Avaliar riscos socioambientais de acordo com políticas próprias e observando a legislação vigente;
  • Incorporar aspectos relacionados ao combate às mudanças do clima, gerenciando riscos e focando no desenvolvimento de soluções que respondam adequadamente à busca pela redução das emissões de gases estufa;
  • Proteger e respeitar os direitos humanos no relacionamento com clientes e fornecedores, refutando as formas de trabalho infantil, forçado ou compulsório.

Quanto aos produtos e serviços

  • Inserir aspectos de sustentabilidade na concepção de novos produtos e serviços priorizando a inovação e a criação de um senso de oportunidade frente às novas exigências da sociedade;
  • Estimular negócios em mercados alinhados com o desenvolvimento sustentável;
  • Gerir e mitigar os impactos ambientais negativos indiretos decorrentes dos produtos e serviços da NGO.

Quanto ao público interno

  • Promover um ambiente de trabalho inclusivo que valorize a diversidade e a equidade;
  • Integrar a sustentabilidade aos programas de desenvolvimento e educação para gestores e colaboradores;
  • Garantir condições de trabalho adequadas e o bem-estar dos colaboradores, por meio de padrões de saúde e de segurança ocupacional;
  • Estimular o uso consciente de serviços financeiros por meio de educação financeira;
  • Adotar políticas internas e desenvolver programas de ação, incluindo práticas de consumo consciente de recursos naturais e materiais incentivando os conceitos dos 5Rs: repensar hábitos, recusar supérfluos, reduzir consumo, reutilizar materiais e reciclar.

Quanto às relações com fornecedores e prestadores de serviços

  • Promover e facilitar o desenvolvimento dos fornecedores e Prestadores de Serviços com a relação à agenda da sustentabilidade;
  • Aprimorar os requisitos a serem atendidos na contratação de fornecedores e Prestadores de Serviços, de forma que atendam aos critérios de sustentabilidade;
  • Construir relações permanentes por meio de parceiras de longo prazo.

Nota: A NGO procura, pro ativamente, relacionar-se com fornecedores que tenham comprometimento com a causa Socioambiental, porém esclarecemos que a NGO não tem qualquer interveniência na gestão de PRSA de terceiros.

Quanto às relações com clientes

  • Adotar políticas de relacionamento com clientes que estimulem seu comprometimento com a sustentabilidade;
  • Influenciar e conscientizar os clientes, ativamente nas oportunidades de relacionamento relevantes, quanto aos preceitos de sustentabilidade;
  • Promover a construção de relações pautadas na confiança e na qualidade para uma parceria de longo prazo.

Nota: A NGO procura, pro ativamente, relacionar-se com clientes que tenham comprometimento com a causa Socioambiental, porém esclarecemos que a NGO não tem qualquer interveniência na gestão de PRSA de terceiros.

Quanto às relações com a sociedade

  • Apoiar mecanismos de Mercado que promovam melhorias contínuas para a sociedade e mitiguem a pobreza e desigualdade.

Quanto ao meio ambiente

  • Apoiar mecanismos de Mercado e políticas internas que promovam o respeito ao meio ambiente, à qualidade de vida e à manutenção da biodiversidade;
  • Desenvolver e aperfeiçoar mecanismos e políticas internas para gestão dos impactos indiretos dos produtos e serviços da NGO;
  • Mitigar os impactos ambientais.

Do sistema de gestão de risco socioambiental

NGO manterá sistema de gerenciamento de risco socioambiental compatível com o porte, a natureza das operações, a complexidade dos produtos, a dimensão a exposição ao risco socioambiental, manterá atualizado sobre questões socioambientais e respectivos riscos e identificará oportunidades de melhoria para a implementação da política.

Novos produtos/atividades

NGO manterá prática consistente e sistemática para identificação e mensuração do impacto oriundo de realização de operações com novos produtos.

As operações com novos produtos serão avaliados previamente pela Diretoria e Comitê de Sustentabilidade antes de serem operacionalizadas.

Das exceções

Exceções serão tratadas e aprovadas previamente pela Diretoria, bem como no caso de procedimentos a serem adotados em casos de baixo impacto de uma operação com clientes com exposição a risco ambiental.

As deliberações da Diretoria Executiva sobre as exceções serão registradas na ferramenta especifica de gerenciamento ou em ata de reunião especificando de forma clara as decisões tomadas por ela.

Do controle da política

Esta política de gerenciamento de Risco Socioambiental - PRSA está aprovada pela Diretoria Executiva e está sendo publicada e comunicada para todos os funcionários envolvidos e partes externas relevantes para o necessário cumprimento.

Será revisada criticamente com periodicidade quinquenal ou quando mudanças significativas ocorrem, para assegurar a sua contínua pertinência, adequação e eficácia.

Governança para a sustentabilidade

A governança tem como objetivo fortalecer a agenda de sustentabilidade no processo decisório da NGO. Está estruturada nas seguintes instâncias:

  1. Do Diretor do Processo de Risco Socioambiental:

    É responsável por acompanhar a implementação desta Política e das práticas relacionadas, verificando sua aderência aos valores da organização e observando padrões e referências nacionais e internacionais.


  2. Do Gestor de Risco:

    Tem como objetivo definir a orientação estratégica da Política, integrando às práticas de negócio e à cultura da NGO.

    É responsável por definir estratégias de atuação da NGO, de acordo com as Políticas e Diretrizes estabelecidas pelo Compliance, verificar a adequação do gerenciamento do risco socioambiental e identificar eventuais deficiências na implementação das ações.

Descrição da Estrutura de Gerenciamento de Riscos Socioambientais

NGO atendendo às disposições da Resolução 4.327/14  possui estrutura de gerenciamento capacitada a identificar, avaliar, monitorar, controlar e mitigar seus riscos, inclusive aqueles decorrentes de serviços terceirizados. Sua estrutura de gerenciamento está suportada por:

Diretor responsável pela aprovação e revisão periódica da Política de Gerenciamento de Riscos Socioambientais, por assegurar que a estrutura está devidamente implementada e é apropriada para suas atividades, provendo-a com recursos adequados e indicado a representar a NGO junto ao Banco Central, responsável por definir as políticas e objetivos gerais e respaldar a Alta Administração com informações relevantes sobre a implementação e gerenciamento dos riscos socioambientais.

Gestor de Risco, colaborador designado pelo Diretor Responsável para implementar e gerenciar a estrutura de gerenciamento de riscos socioambientais e os seus principais componentes relacionados ao Ambiente de Controle, Avaliação de Riscos e Controles, Atividades de Controle, Monitoramento e Correção de Deficiências, bem como o processo de Informação e Comunicação, em unidade específica e exercendo suas funções de forma segregada daquelas relacionadas à auditoria interna (própria/terceirizada).

A estrutura de Gerenciamento de Riscos Socioambientais contempla um Nível de Riscos e Controles para padronizar a linguagem e facilitar o entendimento de todos os funcionários.

Essa estrutura, integrada com o sistema de controles internos, registra eventuais perdas socioambientais incorridas, realiza avaliações periódicas de suas atividades e processos, identificando os riscos inerentes e a efetividade dos controles praticados e quando necessário programa planos de ação para mitigar os riscos identificados e aprimorar os controles, mecanismo que resulta em menor exposição a riscos.

Assim a NGO em cumprimento as disposições da Resolução 4.327/14  gerencia seus riscos socioambientais em total consonância com as disposições regulamentares e as melhores práticas do mercado.

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook  ngo-icon d-rss  ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo