Radar NGO

Dólar fecha o mês com queda acumulada de 7,80%

"O ponto de equilíbrio ainda permanecerá em R$ 3,70. O Brasil ainda tem razões para imputar prêmio de risco na formação do preço da moeda americana. Crise fiscal é um ponto relevante e absoluta necessidade da reforma da previdência, prioritária entre muitas, se não tiver avanço ainda neste governo, poderá demandar todo o 1º semestre do ano que vem para os trâmites burocráticos e políticos e assim quadro fiscal preocupante e limitante poderá perdurar. Enquanto não solucionado este problema crucial o prêmio de risco deverá ser mantido."

A cotação da moeda norte-americana encerrou o mês de outubro em queda acumulada de 7,80%, a maior baixa mensal desde junho de 2016. Apesar da queda no mês, o dólar fechou o último pregão em alta de 0,85%, cotado a R$ 3,7227 para venda.

O Ibovespa, índice da B3, fechou hoje (31) em alta de 0,62%, com 87.423 pontos. As ações da Vale foram destaque no fechamento do mês, com valorização no pregão de hoje de 5,27%. Os papéis das demais companhias terminaram em queda, com Petrobras com menos 1,39%, Itaú com desvalorização de 0,48% e Bradesco com queda de 1,29%...

Leia a matéria na fonte: moneytimes.com.br/dolar-fecha-o-mes-com-queda

 


Fonte: MoneyTimes
Publicado: 31 de outubro de 2018

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo