Indicadores sugerem cenário otimista para 2017

Dados e pesquisas de entidades e instituições mostram que o País está mais confiante na retomada da economia.

Consumidores, industriais e comerciantes iniciaram o ano com a confiança em alta. Pesquisas de entidades e institutos sugerem que o cenário é outro, na comparação com o começo de 2016. Os brasileiros estão mais otimistas não apenas com a economia, mas com a própria empresa e com o mercado de trabalho.

Os primeiros efeitos das refor…

Leia mais

Após Davos, Meirelles acredita em crescimento maior do Brasil

Ministro da Fazenda participou do Fórum Econômico Mundial, na Suíça. Reformas feitas pelo governo geraram "grande interesse" de investidores internacionais.

O “grande interesse” internacional gerado pelas reformas micro e macroecônomicas do governo federal, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), fizeram o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, retornar ao Brasil otimista. Ele projeta que a combinação de inves…

Leia mais

Atividade econômica registra alta de 0,20% em novembro, diz BC

Puxado pelas vendas no varejo, o País voltou a crescer em novembro do ano passado. Dados do Banco Central mostram que, na comparação com outubro, o avanço foi de 0,20%.

O resultado, no entanto, ainda não é suficiente para reverter o quadro de 2016. A expectativa do mercado financeiro é de que apenas em 2017, com as reformas que o governo quer implementar, a economia volte a uma trajetória sustentável de crescimento.

O númer…

Leia mais

Bancos cortam juros para clientes após nova queda na Selic

Após a queda da taxa básica de juros (Selic), de 13,75% ao ano para 13%, os bancos decidiram reduzir as taxas cobradas de consumidores, pessoas físicas e jurídicas. Na noite desta quarta-feira (11), o Banco Central intensificou o ritmo de cortes nos juros, reduziu em 0,75 ponto percentual, o maior corte desde abril de 2012.

O Banco do Brasil, em seguida ao anúncio, divulgou nota com redução em várias de suas linhas de crédito.…

Leia mais

OppenheimerFunds prevê retomada do crescimento e juros baixos no Brasil

O Brasil está no caminho para voltar a crescer e atingir taxas de juros historicamente baixas. O comentário é de analistas da gestora de recursos OppenheimerFunds, uma das maiores empresas de investimentos dos Estados Unidos, que administra uma carteira de recursos avaliada em US$ 216 bilhões, cerca de R$ 700 bilhões ao câmbio de sexta-feira (06/01).

Em comentário publicado no site da instituição, e assinado pelo g…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo