Economia brasileira cresce em 2017 e encerra mais longa recessão da história

Resultado do ano foi puxado, principalmente, pela forte atividade da agropecuária, que registrou crescimento de 13% no ano passado.

Após duas fortes retrações nos últimos anos, o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 1% em 2017, dando fim à maior recessão já passada pelo País. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados nesta quinta-feira (1°).

O resultado do ano foi puxado, principalmente, pela forte atividade da agropecuária, que cresceu 13% em 2017. Ao mesmo tempo, bons resultados foram observados no setor de serviços (+0,3%) e na taxa de investimentos, que ficou em 15,6% em 2017. Já o consumo das famílias cresceu 1%. No total, o PIB do Brasil somou R$ 6,6 trilhões.

Esse desempenho foi obtido a partir do esforço do Governo do Brasil em reorganizar a economia brasileira. Para este ano, a expectativa é de que o PIB avance um pouco mais: por volta de 3%.

E eu com isso?

O Produto Interno Bruto (PIB) é a soma de todos os bens e serviços produzidos no País. Esse número é usado para mostrar o quanto se produziu e o desempenho das atividades econômicas durante um determinado período de tempo. Quando há alta no PIB, significa que houve crescimento, o que, na prática, traduz-se em mais renda, empregos e riqueza sendo geradas no Brasil.

Confira o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=tfUxdtjf-p0&feature=youtu.be


Fonte: Governo do Brasil, com informações do IBGE

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo