Código Global de Câmbio é lançado em Londres

Foi lançado nesta quinta-feira (25/05), em Londres, o Código Global de Câmbio (FX Code), resultado de dois anos de trabalho de um grupo formado no âmbito do Banco de Compensações Internacionais (BIS) e que inclui diversos bancos centrais, incluindo o Banco Central do Brasil, além de participantes do mercado de câmbio do setor privado. O Código Global é um conjunto de princípios que pretende nortear as práticas dos agentes em áreas como ética, governança, execução de operações, riscos e compliance, e confirmação e liquidação de operações. A iniciativa tem como objetivo fornecer aos agentes dos mercados de câmbio mundiais um conjunto único de diretrizes com o intuito de promover um ambiente de negociações mais eficiente e íntegro.



O Banco Central do Brasil incentiva os participantes do mercado de câmbio brasileiro a aderirem ao Código e a atuarem de maneira consistente com os princípios ali delineados. A adesão ao Código, porém, é voluntária e este não substituirá ou modificará a legislação local. Ele servirá como referência para a execução de operações de câmbio nos mercados globais.  De acordo com os princípios do Código, um mercado de câmbio mais robusto e transparente, baseado em altos padrões éticos, dá aos participantes a oportunidade de operar com mais confiança e com preços mais justos. 


Depois de publicado, o Código será periodicamente revisado pelo Comitê Global de Câmbio (GFXC). Antes composto por oito comitês de câmbio (Austrália, Canadá, Cingapura, Estados Unidos, Europa, Hong Kong, Reino Unido e Japão), a partir de agora o GFXC passará a contar também com a participação dos comitês de Brasil, China, Índia, México, Suécia, África do Sul, Coreia do Sul e Suíça, de acordo com comunicado do GFXC publicado hoje. Representam o Brasil no Comitê Global de Câmbio (GFXC) o diretor de Política Monetária do Banco Central do Brasil, Reinaldo Le Grazie, pelo setor  público, e Marco Antonio Sudano, do Banco Itaú, pelo setor privado.



O Brasil instituiu no dia 5 de maio o Comitê Consultivo do Mercado de Câmbio do Brasil (CCMCB), formado por entidades representativas do Sistema Financeiro, bancos, empresas privadas e presidido pelo Banco Central do Brasil. No dia de sua criação, o CCMCB aprovou seu apoio ao Código Global de Câmbio. 



Clique para ter acesso à página do Comitê brasileiro na internet e ao Código Global de Câmbio.


Fonte: Banco Central do Brasil

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook  ngo-icon d-rss  ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo