Especialista em câmbio afirma que falta sensatez ao mercado

0
0
0
s2sdefault

O Brasil terá dificuldades para atrair o capital estrangeiro em 2015, o que pode levar o dólar a R$ 3,20 ao final deste ano. A disparada da moeda americana nesta semana, porém, teve muita influência de especuladores, que estão antecipando dificuldades mais graves que o governo pode enfrentar para colocar a economia nos eixos.

A avaliação é do economista Sidney Nehme, diretor da corretora de câmbio NGO, que vê o câmbio de R$ 2,80 como "justo" no momento.

Folha - A taxa de câmbio reflete…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Cotação do dólar em BH chega a R$ 3,21

0
0
0
s2sdefault

Especialistas acreditam em nova alta, lenta e constante, até dezembro

O dólar ultrapassou a barreira dos R$ 3 ontem, nas casas de câmbio e bancos de Belo Horizonte. O dólar turismo chegou a R$ 3,08 (quando comprado com dinheiro vivo) e R$ 3,21 (no cartão pré-pago) – valores com IOF incluído. Apesar de o fluxo cambial brasileiro estar positivo em mais de US$ 4,7 bilhões este ano, o dólar continua em disparada. Ontem, subiu mais 1,33% e o comercial já está cotado em R$ 2,874, o maior val…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

O preço do dólar somente retrata a realidade do País

0
0
0
s2sdefault

Análise: Sidnei Moura Nehme

O desafio a ser superado pela nova equipe econômica é enorme, havendo agora de forma mais explícita o risco de oposição às medidas reorganizadoras das diretrizes da política econômica, a partir da própria base de sustentação política do governo. A busca do realinhamento envolve um grau de complexidade em que as medidas necessárias acabam por serem conflituosas entre si. Temos tudo de ruim em demasia, com forte risco de agravamento se as ações corretivas não…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

'El País': Nome de Bendine traz de volta incerteza ao cenário financeiro

0
0
0
s2sdefault

O jornal espanhol El País publicou nesta sexta-feira (06/02) um artigo sobre a repercussão negativa da escolha de Aldemir Bendine para ocupar a presidência da Petrobras. A indicação “frustrou os agentes financeiros que esperavam um nome de peso para reverter o pessimismo em torno da estatal, imersa em denúncia com a operação Lava Jato. A indicação, feita pela presidenta Dilma Rousseff, foi mal recebida no mercado, pela pouca afinidade do executivo com o mundo do petróleo, uma vez que a…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Nome de Bendine traz de volta incerteza ao cenário financeiro

0
0
0
s2sdefault

O Conselho de Administração da Petrobras confirmou o nome de Aldemir Bendine, o atual presidente do Banco do Brasil, para assumir o timão da companhia. A informação, que começou a circular nas primeiras horas desta sexta-feira, frustrou os agentes financeiros que esperavam um nome de peso para reverter o pessimismo em torno da estatal, imersa em denúncia com a operação Lava Jato. A indicação, feita pela presidenta Dilma Rousseff, foi mal recebida no mercado, pela pouca afinidade do exe…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault
Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo