NGO-CambioNews grd

Os sinais do mercado, economia e perspectivas sugerem revisão nas projeções!

A Bovespa evidencia que pode estar entrando numa fase de maior realização, o que implica em saída de estrangeiros a exemplo do que já ocorreu em novembro.

O dólar ainda resiste “home made” por parte do BC, que o administra com leilões de linhas e swaps, mirando prioritariamente na contenção inflacionária oriunda dos alimentos exportáveis, mas que nesta fase do ano pode ser um enorme incentivo para as importações de bens de consumo concorrentes dos produtos nacionais.

A tensão em torno…

Leia mais

Economia dá sinais positivos, mas contexto e política até 2018 promovem incertezas!!!

A economia brasileira, embora com frágil sinergia intersetorial, dá discretos sinais de melhora, contudo não consegue transmitir sustentabilidade para ancorar tendências, estando muito dependente do cenário político.

A inflação pelo IPCA que sinaliza fechar este ano em 3% é passível de credibilidade, visto que preços que impactam fortemente na economia popular vêm sendo elevados em percentuais magnânimos e passam a sensação de que não estão sendo captados adequadamente na formação dos…

Leia mais

PIB trouxe discreto alento, mas não se pode contar com “céu de brigadeiro” em 2018!!!

Inicialmente, devemos destacar que merece consideração o fato da revisão do PIB do 2º trimestre ter tido a relevante revisão de 0,2% para 0,7% e não ter havido tantas análises retrospectivas quanto sobre o avanço discreto de 0,1% no 3º trimestre.

O PIB recém-divulgado, a despeito de pouco expressivo e abaixo das expectativas, trouxe alguns indicativos relevantes em torno do crédito e consumo das famílias, indústria e serviços e desapontamento quanto ao agronegócio. Inegavelmente a qued…

Leia mais

Governo está refém e sabe que “não há almoço de graça” com a base!

O fisiologismo quando adotado como prática na obtenção de apoio político tende a se tornar rotina e cada vez mais exigente.

É algo tão nefasto como a corrupção.

O governo sente isto “na pele”, pois tendo criado o vício negocial com o Congresso se vê cada vez mais acuado e mais exigido, e não dispõe de tanto para fazer face as aparentes exigências parlamentares.

Notoriamente, o governo não tem votos suficientes para aprovar a reforma da Previdência, importantíssima para amenizar o assom…

Leia mais

Riscos presentes podem abalar otimismo e impactar negativamente!

Esta parece ser uma correta síntese do que temos propagado alertando para a necessidade de sensatez.

“Parece que a tempestade passou, mas a bonança está longe de chegar. O fim da recessão econômica e a maior confiança de que o atual presidente terminará o seu mandato trazem algum alívio ao sentimento de insegurança. Contudo, as dificuldades para aprovar as reformas estruturantes, o desequilíbrio fiscal e as divisões político-partidárias mostram que ainda é cedo para sair do estado de a…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook  ngo-icon d-rss  ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo