NGO-CambioNews grd

Volatilidade: Dólar com viés firme de alta e Bovespa com viés moderado de baixa!

O cenário prospectivo de curto prazo evidencia uma tendência firme, tendo o preço do dólar com viés firme de alta frente ao real, embora com volatilidade decorrente da intervenção não frontal do BC, procurando ‘amortecer”, dentro do possível, para que a alta não ocorra de forma intensa e abrupta, sancionando a correta percepção de que há fundamentos para o comportamento do preço da moeda.

Fatores externos sabidamente conhecidos sustentam e dão suporte às perspectivas de fortalecimento…

Leia mais

Pesquisa-sucessão presidencial é somente parte do desfavorável "contexto Brasil"

O Brasil estava protelando em “olhar” para si próprio, sua dinâmica frágil na economia, na geração de empregos, renda e consumo e na superação da sua traumática situação fiscal, além de todas as questões envolvendo o cenário prospectivo de sucessão presidencial absolutamente incerto, direcionando sistematicamente o foco para todas as causas nas questões externas.

Ancorado em projeções construídas pelo mercado financeiro e propagadas semanalmente pelo Boletim FOCUS, não havia espaço par…

Leia mais

Volatilidade não deverá alterar perspectiva: Alta do dólar e queda da Bovespa

O cenário do mercado brasileiro com comportamento volátil não alterará a perspectiva de que o preço do dólar tende a ser apreciado e o Índice Bovespa tende a queda. As tendências têm neste momento fundamentos consistentes.

Os fatores externos de influência e impacto nos países emergentes, com destaque para o Brasil, devem ter continuidade, pois há inúmeros e importantes vetores que devem persistir afetando e provocando que o ambiente benigno que vinha fomentando o otimismo nestes paíse…

Leia mais

Fluxo cambial evidencia: Alta do dólar decorre da demanda por “hedge cambial”!

Números do fluxo cambial de abril deixam evidente de forma incontestável, que a elevação do preço do dólar no Brasil decorre, neste primeiro momento, da intensificação abrupta da demanda por proteção através “hedge cambial” e não por demanda no mercado à vista.

O contexto externo passou a se configurar menos benigno para o Brasil, assim como aos países emergentes, a partir da desenvoltura da economia americana, seus reflexos e atitudes de confrontos comerciais e geopolíticos promovidos…

Leia mais

Por que os diálogos com o governo sobre o novo cenário omitem os nossos problemas?

O contexto envolvendo o comportamento dos ativos principais, Bovespa e dólar, no mercado brasileiro vêm se alterando face às novas perspectivas já não tão benignas quanto às construídas até um passado recentíssimo, mas há uma estratégia, notoriamente perceptível, de atribuir-se integralmente o fato as causas externas, principalmente quando justificadas por membros do governo e, estranhamente com o silêncio dos interlocutores midiáticos quando procedem às interpelações em entrevistas.

P…

Leia mais

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo