NGO-CambioNews grd

Dólar: preço de R$ 4,00 é cabalístico e o viés de baixa volátil está consolidado

0
0
0
s2sdefault

Os investidores/especuladores posicionados “comprados” no mercado de câmbio, não atrelados a transações de proteção cambial (hedge), portanto operacionalizando o dólar como uma aplicação de renda variável e contando com o histórico precedente de que nos momentos de tensões e incertezas a moeda americana é o indicador mais sensível e, portanto, que tem o seu preço apreciado proporcionando excelente ganho, desta vez tem com o que se preocupar.

Certamente há uma frustração, pois o preço n…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

No momento que deveriam ganhar influência no mercado, pesquisas sofrem desgastes!

0
0
0
s2sdefault

Às vésperas da realização das eleições presidenciais, momento em que as pesquisas eleitorais deveriam acentuar sua influência na formação de consenso no mercado financeiro, ocorre uma estranha reação como que um descrédito relativo em torno dos indicativos, que passaram a ser considerados de forma muito relativa.

Efetivamente há pesquisas e conclusões dos seus analistas para todas as tendências ideológicas, mas ao pinçar dados mais pontuais em todas e verificar sinergia entre alguns in…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Câmbio, nada a ver com 2002, mas especulação pode provocar perdas como em 2008!

0
0
0
s2sdefault

O cenário em 2018 a rigor difere tanto de 2002 quanto de 2008. Na atualidade o país detém sólida situação no segmento cambial, ao contrário dos demais segmentos da economia que apresentam séria deterioração e muitas dúvidas e incertezas.

Como apontado pela imprensa as incertezas elevaram o custo da dívida pública e afastam o estrangeiro como investidor, visto que a magnitude da dívida fiscal brasileira e a falta de perspectivas efetivas de superação no curto/médio prazos acaba gerando…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Ansiedade e relativa descrença no viés de baixa do dólar inibe apreciação do real

0
0
0
s2sdefault

Açodados pelos excessivos boatos, temores e tensões habilmente implementados diariamente no mercado cambial, ainda que sem fundamentos sustentáveis, alguns investidores/especuladores do mercado de câmbio revelam-se ansiosos e relativamente inseguros e incrédulos quanto ao viés de baixa do preço do dólar, que tende a se consolidar gradualmente.

Certamente, acreditavam que às vésperas do primeiro turno da eleição presidencial, o preço da moeda americana, como fortemente propagado pelo mo…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Dólar – complexidade e desinformação viabilizam ocorrência da especulação presente

0
0
0
s2sdefault

Há inúmeros vetores de influência na formação do preço da moeda americana no mundo, e no Brasil que é um país emergente sujeito às intempéries das mais diversas origens, alguns a mais devido a fragilidades pontuais.

O câmbio habitualmente é o sensor mais rápido quando há sinais de que as coisas no país não vão bem e repercutem de imediato a sua fragilidade e vulnerabilidade perante o mundo, até porque os países emergentes, quase sempre, detém contas externas insuficientes face aos seus…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Coluna CâmbioNews nos principais veículos:

Investing.com
Money Times
Broadcast - AE

exclusivo para assinantes

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo